RELEASE

Missão cumprida: Meta Central de Serviços conclui sua participação no Projeto Guaíba 2

Números finais do projeto

A Meta Central de Serviços participou ativamente do Projeto Guaíba 2, responsável pela ampliação da linha de produção da CMPC Celulose Riograndense, em Guaíba (RS). O projeto teve a duração de 29 meses e atingiu um pico de 9.650 trabalhadores, com um total de 31 mil cadastramentos. Ao longo desse tempo, a Meta foi responsável pela gestão administrativa da obra, exercendo uma série de atividades fundamentais para o bom andamento dos trabalhos.

Logística

Para o diretor-presidente da Meta, Carlos Jones Goicocheia, vários aspectos fizeram deste um projeto diferente dos demais. “A principal diferença se deve à localização da Celulose Riograndense: a empresa está ao lado de uma grande comunidade e essa convivência gera uma influência direta”, destaca.

A Meta desempenhou papel importante para aprimorar essa convivência. Um enorme esforço de planejamento e logística, por exemplo, foi necessário para permitir a movimentação diária de trabalhadores, com 300 ônibus acessando diariamente ao projeto. O setor de transporte da empresa, gerido pela Meta, foi responsável pelo credenciamento de 3 mil veículos, máquinas e equipamentos. “A participação da Meta foi decisiva no que se refere à logística de chegada de materiais de grande porte, evitando ao máximo a ocorrência de transtornos junto à comunidade”, lembra Goicocheia.

Alimentação

A participação da Meta junto à fornecedora de refeições também foi determinante para a continuidade do projeto. Foram servidas, durante a obra, um total de 4 milhões de refeições, tendo atingido um pico diário de 7 mil. Todo esse trabalho exigiu um planejamento diário em relação à quantidade de alimentos e à organização de horários para possibilitar o fluxo normal de acesso ao refeitório sem transtorno aos trabalhadores.

Saúde e moradias

No serviço ambulatorial, foram realizados 21 mil atendimentos durante a obra, com médicos e enfermeiros de plantão e ambulâncias totalmente equipadas. Outro aspecto que contou com a experiência da Meta foi a gestão de repúblicas e alojamentos, onde a empresa realizou fiscalizações e inspeções, a fim de garantir conforto e higiene para os moradores. No total, foram administradas 200 repúblicas, 90 alojamentos, 200 residências familiares, 15 pousadas e 40 hotéis espalhados pela grande Porto Alegre, o que exigiu enorme planejamento.

Responsabilidades legais

A Meta Central de Serviços também se voltou para o cumprimento de responsabilidades fiscais, trabalhistas e tributárias, acompanhando os contratos das empresas que atuaram no projeto. Foram mais de 6.200 documentos analisados e processados.

 

“Atuar no Projeto Guaíba 2 foi um grande desafio. Maior que isso é a sensação do dever cumprido. Toda nossa turma demonstrou enorme qualidade profissional e espírito de equipe. Vamos para um novo desafio, mas fica um grande e extraordinário trabalho realizado!”, comemora Goicocheia.

Imprimir
COMENTÁRIOS
OUTRAS RELEASES
Meta atua para garantir saúde, segurança e meio ambiente em grandes projetos

Em 04 de setembro de 2014 às 15h05

Colaborador da Meta usa criatividade e evita desperdício na Ecosteel

Em 13 de outubro de 2015 às 14h09

Take 1