NOTÍCIA

Vale celebra os 50 anos do Complexo de Tubarão

Momento de emoção e homenagens

Pode parecer mentira, mas em 1º de abril de 1966 dava-se início ao que hoje conhecemos como Complexo de Tubarão, unidade operacional da Vale no Espírito Santo. Para celebrar a data, no último dia 1º, há exatos 50 anos, diversas atividades foram realizadas.

O dia começou com surpresas. Para representar uma volta ao passado, logo pela manhã, um ônibus antigo, original dos anos 40, surpreendeu empregados que aguardavam o transporte para o Complexo de Tubarão. Durante o percurso, marcos importantes da trajetória dos 50 anos foram narrados e, durante o dia, o ônibus circulou por Tubarão, substituindo os veículos habituais em rotas internas e chamando a atenção de quem estava dentro e fora da condução.

 

Solenidade

Em seguida, uma solenidade marcou oficialmente a data. Com a presença de empregados, lideranças Vale, aposentados e autoridades capixabas, o evento foi repleto de momentos marcantes. Não faltaram homenagens a personagens importantes desta história. Entre eles, o idealizador do porto de Tubarão, Eliezer Batista, que gravou uma mensagem especial para este aniversário.

O diretor-presidente, Murilo Ferreira, destacou que Eliezer foi um homem visionário e que o considera como um grande mentor. “Esses são também 50 anos de muita gratidão. O Complexo de Tubarão é um marco extraordinário para a Vale, que sai de uma empresa tímida, para uma um empreendimento alargado. Tubarão foi o vértice integrador de sucesso da cadeia mina-ferrovia-porto”, afirmou Murilo.

 

Selo comemorativo

Durante o evento, em parceira com os Correios, selo e carimbo comemorativos foram lançados, repetindo uma iniciativa também realizada na ocasião da inauguração do porto de Tubarão em 1966. O diretor-presidente e o vice-governador do Espírito Santo, César Colnago, fizeram o lançamento oficial dos produtos que serão utilizados na agência interna dos Correios em Tubarão no mês de abril.

 

Aposentados revivem história

A presença de aposentados que participaram na construção do Complexo de Tubarão reviveu histórias e curiosidades durante uma animada roda de conversa. Entre eles, o primeiro superintendente de pelotização, Helder Zenóbio. “Durante uma viagem, quando estávamos implantando as primeiras usinas de pelotização, um colega estrangeiro duvidou que seria possível adicionar cal ao processo de produção de pelotas e apostou comigo uma garrafa de uísque. Tempos depois, ele pagou a garrafa, só não me lembro se o uísque era bom”, afirmou, arrancando risos da plateia.

 

Homenagens

Outro momento marcante foi a homenagem a todos os empregados e negócios que fizeram e fazem parte do Complexo de Tubarão, com a entrega de uma comenda especial. A empregada Luciene Porto representou todas as mulheres e o negócio pelotização. O empregado Carlos Wanderley, maquinista há 37 anos, representou todos os ferroviários. Já o porto, negócio que originou Tubarão, foi representado por três gerações de empregados que se dedicam à empresa. O patriarca Orlandino Santana, de 91 anos, recebeu a homenagem junto ao filho e ao neto. “Quando cheguei aqui era tudo mato”, relembrou, emocionado.

 

 

Monumento

O evento foi encerrado com o lançamento de um monumento que representa os compromissos e desejos para um futuro sustentável e será instalado no Porto de Tubarão. “Não podemos esquecer o que é a história da Vale para a economia e sociedade capixaba. Com a vinda de Tubarão, a nossa economia se diversifica, saindo da monocultura do café e gerando novas riquezas. É evidente que, com o tempo, as cidades crescem e, com elas, as atividades empresariais começam a gerar impactos na vida das pessoas. Por isso, é fundamental o diálogo com todos, ouvindo, filtrando e focando no que é importante. Assim como a Vale cresceu e se desenvolveu, nós como sociedade também crescemos. Por isso, temos que apreender a ter paciência, tolerância e muita responsabilidade pelos nossos atos”, afirmou o vice-governador, César Colnago.

O dia de celebrações também foi marcado por almoço especial e dinâmicas nos restaurantes e apresentações do Coral Vale Música em prédios administrativo do Complexo.

 

 

Com informações divulgadas pela Vale

Imprimir
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS
Gestão de limpeza: cartão de visita em dia

Em 28 de abril de 2015 às 15h15

Equipe de limpeza e conservação da Meta amplia serviços prestados à CSP

Em 22 de setembro de 2015 às 13h17

Take 1