Iniciadas obras físicas da Companhia Siderúrgica do Pecém

A CSP teve a colocação das primeiras estacas.

Foi dada a partida oficial para o início da construção civil da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). O governador Cid Gomes acionou o mecanismo para colocação da primeira estaca de concreto e aço da nova siderúrgica cearense, que tem previsão de conclusão em 2016 e que deverá ser a maior do País.

O vice-presidente sênior executivo da Posco, uma das sócias do empreendimento (além da Vale e da Dongkuk Steel), Inhwam Chang, afirmou que a empresa colocará todo o seu conhecimento para tornar a CSP a melhor usina de aço do mundo. “Assim como a Posco foi importante para a Coreia do Sul nos últimos 40 anos, a CSP será importantíssima para o desenvolvimento do Ceará e será conhecida como exemplo de cooperação econômica entre os dois países”, afirmou.

 

Sae Joo Chang, chairman e CEO da Dongkuk Steel, afirmou que há 10 anos tinha um sonho, o de construir uma siderúrgica no Brasil, o que finalmente está se concretizando. “Percorreremos um longo caminho até a CSP produzir aço, teremos ainda muitos obstáculos, mas firmo o compromisso de não desistir”, garantiu Chang. Ele afirmou ainda que a CSP será líder mundial em siderurgia.

 A CSP é uma joint venture resultado da parceria entre a Vale, que detém 50% do empreendimento, e das coreanas Dongkuk, com 30%, e Posco, com 20%. No total, serão investidos US$ 5,1 bilhões, sendo US$ 600 milhões só este ano. A produção da usina será de 3 milhões de toneladas anuais de placas de aço em sua primeira fase, com 100% da produção vendida para os próprios sócios.

 

O governador Cid Gomes ao lado dos investidores da Vale, da Dongkuk e da Posco: primeiros passos do projeto

Oportunidades

José Carlos Martins, diretor executivo de ferragens e estratégias da Vale, afirma que o setor de siderurgia estabelece ligações econômicas com o mundo e traz oportunidades para empresas locais e estrangeiras. “Mais que uma siderúrgica, abre-se uma porta para oportunidades. Aproveitem”.

 O executivo também adiantou que a Vale está mantendo contato com três ou quatro produtores de calcário e minério de ferro no Ceará para possível aquisição de matéria prima pela CSP. “A ideia é que a usina se abasteça com produtos da região, mas sempre com foco na qualidade”, declarou.

 Aristides Corbellini, presidente do Conselho de Administração da Vale, diz que a segunda fase da CSP, prevista para ter início em 2017, deverá elevar a produção da usina de 3 milhões de toneladas de placas de aço/ano para 6 milhões. “Se a situação econômica mundial melhorar, a construção da segunda fase será imediata, porque estaríamos com obras em andamento e com o canteiro já mobilizado”. Contudo, Corbellini ressaltou que, para isso, é necessária a aprovação pelo Conselho Administrativo da Vale, o que ainda não ocorreu.

 

ENTENDA A NOTÍCIA

O governador Cid Gomes fincou ontem as duas primeiras estacas, das 16 mil que farão parte da fundação da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), que entrará em operação no ano de 2016.

Números

48% será o do PIB industrial do Ceará logo que a CSP entrar em operação, em 2016

1 mil pessoas trabalham só no processo de terraplanagem do terreno da CSP

16 mil empregos diretos e indiretos deverão ser gerados quando a CSP estiver em operação

PORTO DE PECÉM TAMBÉM DEVE SER AMPLIADO

O secretário de Infraestrutura do Ceará, Adail Fontenele, diz que em 2016, quando a CSP entrar em operação, deverão estar concluídas as obras de mais dois berços de atracação no Porto do Pecém. Esses berços deverão ter 300 metros de comprimento (cada) por 115 metros de largura, para escoar a produção da siderúrgica e da laminadora Añon.

Os dois berços já estão contratados, aguardando ainda para este mês a licença ambiental de instalação do Ibama”, afirmou o secretário.

Segundo o governador do Ceará, Cid Gomes, no dia 15 de dezembro deste ano devem começar a chegar pelo Porto do Pecém máquinas e equipamentos para a CSP. “A ZPE tem que estar pronta até lá”, disse.

O governador voltou a lembrar que está em curso a mudança da legislação das ZPEs para ampliação do percentual da produção que poderá ser destinada ao mercado interno. Atualmente, apenas 20% podem ser comercializados no País e o restante tem de ir para exportação. A mudança elevaria este percentual para 30% ou até 40% para o mercado interno.

Para Fontenele, essa mudança é importante porque a produção da CSP não deve ir toda para o exterior. “O governo está trabalhando para que este percentual aumente”, disse.

META CENTRAL DE SERVIÇOS

A Equipe da Meta Central de Serviços está presente neste projeto desde o início do planejamento atuando em todo o controle de acesso e credenciamento dos terceiros. A previsão é que a equipe administrativa atue diretamente na gestão de infraestrutura contando com a experiência de grandes projetos.

Equipe Meta CSP já atuando na área de Terraplanagem.

 

 

8Comments

  1. nazareno holanda de sousa4 de agosto de 2012 at 23:48

    Eu quero também fazer parte deste extraordirio projeto que é a siderúrgica.

  2. pedro calixto da silva3 de novembro de 2012 at 15:11

    eu tambem quero fazer parte desse grande projeto que e a siderurgica aqui no nosso estado do ceara que vai a nos trazer muito emprego pra nossa regiao alias eu ja trabalho perto desse grande emprendimento onde vai ser construido a csp ja trabalho na usina do pecem i quero trabalhar tambem siderurgica principalmente na minha areia que e o servico de montagens espero que a firma que eu estou trabalhando tambem seja contratada e ai todos nos juntos vamos construir este grande empreendimento nacional meu muito obrigado de coraçao nao so eu mais todos nos cearense estamos de parabens que o senhor jesus cristo nos abençoe a todos nos amem

  3. NameMichelle Ramos11 de fevereiro de 2013 at 16:03

    Como faço para enviar um curriculum para vocês!! Tenho experiencia na área administrativa, falo inglês básico…..

  4. anna andrade12 de março de 2013 at 20:06

    Ola, boa tarde. Tambem quero muito fazer parte deste grande progresso para o Ceara e para minha cidade Sao Goncalo do Amarante. Ja enviei meu curriculum duas vezes para o e-mail do do Alfredo Dias e Francisco Queiroz e ainda nao recebi retorno. Por favor gostaria mesmo de uma oportunidade. Obrigada. Parabens METACS por todos os premios, com certaza todos merecidos!!!!

  5. andre maciel20 de março de 2013 at 20:33

    eu trabalho em um projeto no pará, numa mina de bauxita em paragominas, meu maior sonho e trabalhar nesta empresa, que ja foi a pioneira em paragominas neste projeto, e uma empresa que valoriza seus colaboradores como poucas neste pais o estado do ceara vai ganhar muito com este projeto maravilhoso

  6. Alvenir Holanda4 de julho de 2013 at 18:30

    Eu quero saber como e para onde enviar o curriculum para avaliação….Preciso fazer parte desse GRANDE empreendimento no nosso ESTADO.

  7. body building.com18 de outubro de 2013 at 0:46

    Creo que otros propietarios del sitio debe tener metacs.com.br como un modelo, muy limpio y el estilo amigable y excelente diseño, y mucho menos el contenido. Usted es un experto en este tema!

  8. marcos costa dos santos3 de fevereiro de 2014 at 18:51

    como todo proficinal em quauquer segmento gosto de desafios e este projeto é um desa fio gegantesco ou na área de metalurgia ou de segurança do trabalho gostaria de ter uma oportunidade desde já os parabeniso por escolher o nordeste para reseber este empreendimeto.

Deixe um Comentário